É proibido a reprodução das resenhas ou qualquer outro texto do blog sem a prévia autorização por e-mail do autor, e sem os devidos créditos.

13 de mai. de 2020

Setembro


Autor:  Rosamund Pilcher
Tradução: Angela Nascimento Machado
Editora: Bertrand Brasil
Número de páginas: 462
Ano de Lançamento: 1990
Avaliação do Prosa Mágica:  10
                       

É uma história extremamente envolvente e humana que traça a vida de uma dúzia de personagens. A trama se passa na Escócia, e acontece entre os meses de maio a setembro, tendo como pano de fundo uma festa de aniversário que acontecerá em grande estilo.
Violet, que me parece ser a própria Rosamund, costura a relação entre as famílias que fazem parte deste romance.
Com destreza e delicadeza, a autora  nos conta o cotidiano destas famílias, coisas comuns como comer, fazer compras, tricô, jardinagem. Problemas pessoais como a necessidade de um trabalho para complementar a  renda e outras preocupações do cotidiano que surpreendem pela beleza que são apresentadas. É um livro em camadas, que pode ser avaliado sobre vários aspectos que se complementam.
Pandora, por exemplo, é o mistério da trama. É a personagem que voltou depois de uma longa jornada distante e traz alguma ordem, no sentido de “arrumar” certas cicatrizes do passado. Mas Pandora é, com perdão da má metáfora, uma caixa cuja tampa retirada desnuda os males que estavam ocultos. Ela traz algo de irreal à história, e ao final comete um ato, de forma mágica, como uma personagem de conto de fadas para adultos.
É incrível a capacidade da autora de lidar com múltiplos personagens, e tirar deles, de seus passados, fatos que justificam o presente.
Fiquei encantada, pois muitos dos personagens ainda estão bem vivos, mesmo após fechar o livro e dar a história por encerrada.
Grande leitura, gostei demais.

Culinária na trama
Referência final do texto.
No piquenique, já quase no final do livro, é citado um pão como típico da Escócia. Pesquisei uma receita, fiz o pão e realmente é uma delícia. Então, vou postar a receita aqui.


Ingredientes
1 pacote de fermento biológico (7g)
1 colher de chá de açúcar
½ xícara de leite morno
½ xícara de água morna
2 ¼ xícara de farinha de trigo
1 colher de chá de sal
40 g de manteiga (não deve ser substituída)

Modo de fazer
Misture o fermento, o açúcar, a água e o leite até dissolver o fermento e deixe descansar por 5 a 10 minutos. (Cuidado com a temperatura da água e o leite – não ferver)
Em outra vasilha peneire a farinha e o sal, coloque a manteiga e junte com os dedos fazendo uma espécie de farofa. Vá aos poucos acrescentando o fermento que foi diluído.
Coloque em uma superfície enfarinhada e amasse por 5 a 8 minutos.
Coloque em uma vasilha untada com farinha, cubra com pano e deixe descansar por 1 hora ou até dobrar de volume.
Sovar novamente até ficar bem lisa.
Divida em 6 partes iguais. Sovar em formado de bola.
Coloque em forma untada, polvilhe farinha cubra com um pano e deixe crescer por 10 minutos.
Fala um furo no meio (opcional) e asse por 15 minutos.


Nenhum comentário: