É proibido a reprodução das resenhas ou qualquer outro texto do blog sem a prévia autorização por e-mail do autor, e sem os devidos créditos.

5 de out de 2009

Qual é o valor do voto?

Quanto vale o seu voto? Você já pensou nisso? Segundo reportagem do jornal Folha de S.Paulo, ontem, 17 milhões de brasileiros já venderam seu voto por presentes, dinheiro ou emprego.
E agora eu pergunto quanto vale a sua ética e sua honestidade? Como diz um comercial de cartão de crédito. A minha não tem preço, e a sua?
Quando você lê que 33% da população acredita que não é possível fazer política sem um pouco de corrupção, vislumbramos o porquê do país estar no estado de penúria e violência em que se encontra.
Os cidadãos é que fazem um país. Se o país tem corrupção é por que a população também é corrupta de alguma maneira. Quando você vê que na mesma pesquisa 68% dos brasileiros já compraram produtos piratas, 36% pagaram propina e 18% compraram ingresso de cambistas, passamos a acreditar que não há mais ética aqui.
Para que o Brasil melhore, todos nós precisamos dar nossa contribuição. A Ética e a Moral devem ser bandeiras ensinadas para as crianças nas escolas, na família e na sociedade.
Enquanto não houver uma mudança profunda de comportamento, não haverá mudanças políticas no Brasil. É muito fácil ver a diferença, que faz a “diferença”. Assista a um jogo de futebol no Brasil e veja o comportamento dos torcedores e dos jogadores. Agora, assista a um jogo de futebol na Europa, entre times ingleses, por exemplo, e avalie os mesmos itens. Agora responda: Por quê o Brasil se encontra no estado em que está?
É muito bom pensarmos e, claro, agirmos. As mudanças começam em nós mesmos. Que tal começar agora?

Um comentário:

Rinaldo M. Kassuga disse...

O meu voto não tem preço. A minha honestidade não tem preço. A minha ética e a minha moral também não tem preço.
O mais revoltante de tudo isso é que parte considerável da população não faz nada para mudar a situação.
Preferem ficar em cima do muro assistindo a todas essas maracutaias dos políticos só para aprender com se faz para levar vantagens sobre o outros.
E ainda reclamam por não conseguir atingir seus objetivos escusos.
Podemos sim mudar tudo isso com a atenção voltada para nossos filhos e netos mostrando-lhes o caminho da ética, da moral e da honestidade.
Devemos procurar dentro de nós mesmo onde se encontra essas virtudes e nos tornarmos exemplos para as gerações futuras.