É proibido a reprodução das resenhas ou qualquer outro texto do blog sem a prévia autorização por e-mail do autor, e sem os devidos créditos.

16 de out de 2009

Resposta a um comentário anônimo

É muito bom receber comentários, críticas e elogios. Gera crescimento. Mas, fica um pouco difícil responder, ou manter contato quando o comentário é anônimo. Mas, como não costumo deixar nenhum deles sem resposta....ai vai.

Quando eu falo sobre os pais, em nenhum momento expressei o fato de eles não entenderem de educação, a frase dita foi:

“Também, porque os pais dos alunos acreditam que vocês, a exemplo deles, devem deixar seus filhos fazerem o que bem entendem, não respeitando regras e o mínimo de educação e civilidade.”

Hoje, infelizmente, isso acontece constantemente nas escolas. E que o digam professores, diretores e pedagogos. As crianças e adolescentes não têm mais limites por que não aprenderam a tê-los em suas casas.

Não que os pais deliberadamente façam isso, mas esquecem, porque tem que trabalhar muito para sustentar a criança, ou estudar para melhorar na profissão, e todos estes problemas que as famílias encontram no dia a dia de suas vidas.

Por outro lado, é muito mais fácil passar em uma loja e comprar um brinquedo para o filho do que passar algumas horas ensinando o que é correto e noções de socialização.

É claro também que há professores que não honram o cargo que ocupam. Esse é um tema que tenho debatido muito neste espaço. Mas, a cada dia percebo que eles são poucos.

Como é que o professor pode passar o conteúdo se o aluno não tem noção de comportamento dentro da sala de aula? Como ele pode ensinar se o aluno tem o direito de gritar, falar mal, ofender sem que nada aconteça, pois o professor não pode nem mandá-lo para a diretoria. No dia seguinte terá um pai e uma mãe reclamando...do professor. Como é que o professor ensina se o aluno sabe que vai passar de ano de qualquer forma, estudando ou não?

A educação é uma ação conjunta de pais e professores. Os pais dão a base, ensinado civilidade, comportamento, aparando as arestas do caráter. O professor ensina a busca do saber, os caminhos do conhecimento. Ele não poderá fazer muita coisa se a base não foi dada corretamente.

Assim, é como eu sempre digo e reafirmo: o futuro do Brasil depende do professor, mas também depende da família.

Bons exemplos são a melhor forma de ensinar.

Nenhum comentário: