É proibido a reprodução das resenhas ou qualquer outro texto do blog sem a prévia autorização por e-mail do autor, e sem os devidos créditos.

27 de nov de 2009

Ainda sobre a TV

Que ninguém pense que sou uma anti-religião, muito pelo contrário, respeito a crença dos outros assim como gosto que as pessoas respeitem a minha. O problema dos programas religiosos na TV aberta é a imposição que eles impõem para as pessoas.
Da mesma forma que sou contra a apresentação de programas religiosos na TV com intuito de doutrinação, sou contra as Instituições Religiosas serem donas de um canal de TV.
Vejam só o exemplo da Record (Universal). Por mais que as pessoas que trabalhem lá sejam absolutamente competentes, não dá para fazer programação de qualidade com os parâmetros ditados pelo dogmatismo religioso. Então você liga a TV é vê......
O Brasil durante muitos anos foi premiado e respeitado no mundo todo por possuir uma TV de qualidade se comparada a outros países cujas emissoras são controladas pelo governo. Mas o que adianta isso hoje? Se, ao invés de termos uma avalanche de documentários velhos e programas educativos mal feitos, somos obrigados a conviver com os camelôs virtuais e as religiões fakes?

Nenhum comentário: