É proibido a reprodução das resenhas ou qualquer outro texto do blog sem a prévia autorização por e-mail do autor, e sem os devidos créditos.

17 de nov de 2009

A China e a falta de liberdade de expressão

Era de se esperar. Até Barack Obama, presidente dos Estados Unidos foi censurado na China. Em seu veemente discurso sobre liberdade de expressão e outros valores considerados universais pelos norte americanos ontem, Obama foi censurado na TV e na internet.

O exemplo é muito bom para nós, latino americanos, que constantemente tem um presidente com vontade de ser ditador, mesmo que esta seja disfarçada.
O Brasil recentemente foi palco destas tentativas como a criação de um órgão para controlar a imprensa, a censura ao jornal O Estado de S.Paulo e a lei eleitoral que proibiria o uso da internet, mas que foi rejeitada de última hora.
A internet é livre, o pensamento é livre e o ser humano é livre. Liberdade esta que inclui a responsabilidade por seus atos e palavras. Não se pode mais, em pleno século XXI, violentar o ser humano proibindo que ele se expresse. Senão, voltaremos a época da inquisição e muitos de nós seremos “queimados nas fogueiras” do silêncio.
É preciso ficar atento. O Brasil e os brasileiros são livres.

Nenhum comentário: