É proibido a reprodução das resenhas ou qualquer outro texto do blog sem a prévia autorização por e-mail do autor, e sem os devidos créditos.

19 de jul de 2010

Literatura virou lazer para os jovens

Eu imaginei que só veria isto na próxima encarnação, já que nesta estava difícil ver alguém, quanto mais um jovem, com um livro na mão. Enganei-me, e isto é fantástico.
Em um mundo onde os adultos cada vez mais alegam não ter tempo para a literatura, os jovens começam a dedicar parte de seu tempo livre para os livros. Febre provocada pelo fenômeno Crepúsculo e Harry Potter.
Apesar o ceticismo de alguns que consideram estas literaturas como “inferiores”, o fato é que vampiros e bruxos encantaram tanto, que de agora em diante será impossível viver longe dos livros. Quem lê sabe que o hábito é um vício impossível de largar.
A leitura é um hábito que se adquiri por prazer, não adianta forçar. Aqui no Brasil, como já comentei em outro post, as escolas têm o péssimo hábito de obrigar os alunos a leituras que estão completamente fora de suas realidades, com textos tão rebuscados que até que para quem ama ler, é difícil.
Eu continuo a minha campanha que o estudo da literatura tem que ser feito da atualidade a antiguidade, e não vice e versa. Você só irá apreciar um legítimo Machado de Assis se já tiver o hábito da leitura. Não adianta forçar “garganta abaixo” os grandes clássicos brasileiros. Nenhum adolescente irá gostar.
Quando eu era aluna da 5ª a 8ª série, os professores nos indicavam clássicos de outros países como David Coperfild, Jane Eyre, livros que cativam os adolescentes e nos provocam o prazer da leitura. Não adianta tentar Vidas Secas; é muito árido para quem ainda não aprendeu os prazeres da leitura.
Então, que tal os professores começarem a ler os livros que seus alunos estão lendo, e usá-los como ponto de referência em suas aulas de português e literatura? Tenho absoluta convicção que será muito mais fácil o aprendizado e muito mais rica a troca entre eles.
Vale a pena tentar, ou como dizem popularmente “sair da zona d conforto”.



Saga Crepúsculo - Editora Intrinseca
Harry Potter - Editora Rocco

Nenhum comentário: