É proibido a reprodução das resenhas ou qualquer outro texto do blog sem a prévia autorização por e-mail do autor, e sem os devidos créditos.

26 de jan de 2013

Finale. O fim da série Hush Hush


(AVISO: Contêm spoilers)
Foram vários dias tentando escrever esta resenha, não por falta de assunto, mas para encontrar a melhor forma de passar para vocês os sentimentos que se formaram ao longo da leitura de Finale, o último e derradeiro livro da série Sussurro.
O primeiro deles é a decepção. Eu esperava muito mais dele. Mais ação, mais romance e principalmente mais coerência. A sensação é que não foi escrito pela mesma autora. É como se a Becca Fitzpatrick fosse uma Nefilin possuída por um anjo caído que a fez escrever uma história que pareceu fugir de seus padrões.
Não foi problema de tradução. Mesmo não concordando com a editora fazer uso de 3 tradutores diferentes para uma série de apenas 4 livros, você não precisa ir além do Prólogo em Inglês para ver que o problema é a trama mesmo.
Tudo bem que o personagem deve evoluir, que a Nora foi transformada em Nefilin a força no livro 3, mas ela está tão longe de ser a Nora Grey dos livros anteriores que a sensação é que ela sofreu uma lavagem cerebral.
Há pontas soltas na história. Em um momento Nora está dominada pelas artes do mal, no outro quase como um milagre, ela consegue ser ela mesma, a ponto de passar horas ao lado de Patch sem os efeitos colaterais da droga e depois aos prantos confessar o “crime” ao amado. Faltou conexão.
E o Patch é outro caso. Faltou muito do romance entre eles. O fio condutor dos quatro livros é (ou deveria ser) o romance entre uma humana (que virou Nefilim) e um anjo decaído, só que o foco muda completamente no livro quatro, passando a ser mero coadjuvante. Tão coadjuvante que o final incoerente para a personagem Vee deveria ser o de Nora e Patch.
Não quero entrar em muitos detalhes da história por que muitos leitores ainda não leram o livro, mas há um momento marcante que considero o melhor de todo o livro. Ao final da guerra com os anjos decaídos Nora tem uma revelação e um reencontro. Neste único momento Becca demonstrou toda a capacidade criativa como escritora.
A guerra eminente é o que permeia todo o livro, mas ela demora demais para acontecer e não tem força suficiente para criar o suspense que nos deixa sem fôlego e sem ar.
É claro que aconselho a leitura. Afinal de contas ninguém pode perder o desfecho da série, mas com certeza, mesmo mantendo a trama, a história poderia ser bem melhor contada.
 
Outras Resenhas da Série:

Nenhum comentário: