Pular para o conteúdo principal

Postagens

E o troféu vai para a superação

Dois para lá, dois para cá. Cambré, panquecas, sapateados, picadinhos... e lá se foi o último dia do “dança dos famosos”. Chovia lá fora e na TV os ritmos ardiam em um show de talentos e de superação. Foram alguns meses acompanhando programação de alta qualidade que envolvia muita aula de ritmo, história da dança e jurados atentos ao mínimo deslize dos participantes. A final trouxe exatamente os melhores participantes, os que mais se esforçaram, os que transformaram pedra em flor. Foi a melhor final de todas até hoje. O troféu cairia bem nas mãos de qualquer um deles. Ganhou Tati Machado (Confesso minha torcida). Ganhou a razão, ganhou o publico que recebeu uma lição muito importante: - Nada é impossível quando nos dedicamos aos nossos objetivos. Digo isso porque Tati Machado não tem o perfil de uma dançarina, pelo menos não o clichê que se costuma construir de forma física. A apresentadora e influencer mostrou a todo mundo que a dedicação pode fazer transformações, que qualqu
Postagens recentes

Uma imagem vale mais que mil palavras?

                    Folha Verde           No escorregão gota cai           Chuá.   Obs:  Texto de minha autoria. A postagem de hoje é para reflexão sobre a importância da palavra. O que você pensa sobre o assunto? Bom final de semana!

O Fim da Eternidade

Quando um livro é bem escrito, não só possui muitas camadas de leitura como nos permite, a cada releitura uma visão mais ampla da obra. O Fim de Eternidade é um desses livros. Fiz a terceira leitura dele e ainda me surpreendo com o conteúdo que encontro. Não creio que o tom de atualidade de O fim da eternidade possa ser encontrado em qualquer outro livro escrito nos anos 50. O livro de Isaac Asimov é um grande tributo às pesquisas de Einstein e às teorias da comunicação, que vão de MacLuhan até os mais contemporâneos pesquisadores. Quantas realidades podem existir? Há outros “eus” que circulam por realidades paralelas, vivenciando outras experiências? Há seres nos controlando? Estamos protegidos de uma catástrofe total de caráter extintivo? Não sei exatamente o que se passou na cabeça genial de Isaac Asimov ao criar o belíssimo O Fim da Eternidade, mas estes questionamentos permeiam seu texto do começo ao fim. Parece estranho afirmar que um ficcionista possa explicar um pouco d

Feira do Livro Quatro Cinco Um

          O Sexta de Prosa de hoje está bem especial porque vou falar de um evento que mora no meu coração: A Feira do Livro Quatro Cinco Um, que acontece no estacionamento do Pacaembu, e confesso: “Gosto mais que a Bienal do Livro”. Os motivos são muitos para amar este evento, resumindo, o espaço é super democrático, porque é aberto, com participação de muitas editoras que normalmente não estão na bienal do livro, com muitos eventos que qualquer um pode participar sem filas, sem planejamento. Você vai, passa pelo Palco, se interessa e fica assistindo. Neste ano a novidade é que A Feira do Livro terá mais dias (29 de julho até 7 de Julho), ou seja, dois finais de semana inteirinhos para os amantes dos livros se deliciarem. O propósito de um evento como esse, sem dúvida, é engajar cada vez mais a população no hábito de leitura, por isso a feira ocupa uma área de 15 mil metros quadrados, com livros, autores, leitores e muitas atividades paralelas. Este ano serão 150 expositores

Crie um blog sem perder a cabeça

Blogs são sempre um mistério para quem deseja começar. Hoje com o TikTok, Instagram e toda uma gama de redes sociais os blogs estavam meio “desacreditados”. Isso está mudando novamente e uma grande quantidade de pessoas está voltando a seguir e a ler os blogs. Quando criei o meu primeiro blog não existiam todos os recursos que temos hoje, e não havia muita coisa diferente. Blog era sinônimo de diário público. Com o tempo, os blogs (boa parte deles) assumiram o papel de veículos de comunicação, com um texto mais solto, uma conversa mais próxima do leitor. Hoje você encontra blogs de todos os assuntos, qualidades. Alguns têm tanto anúncios que dificulta a leitura no celular e no tablet (Não desista deles se o assunto te interessar. Leia no computador). Outros são mais específicos, com uma publicação por semana, mas com muita profundidade. Eu tenho os meus prediletos. Sempre dou uma lida neles, mesmo que a vida corrida não me permita fazer comentários em todas as postagens. O qu

Seguidores