Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2011

Uma maçã que revolucionou o mundo

Não estranhem a demora em escrever este post. Em um mundo de instantaneidade também é necessário tempo para amadurecer ideias. Nasci em um mundo sem internet, sem computadores, sem Cds, DVDs, Blue Ray, Tablets, celulares, tudo era muito diferente, e ao contrário da regra, sinto-me presenteada em viver no mundo de hoje. Naquele tempo, o Brasil vivia uma maldição chamada reserva de mercado, que basicamente não serviu para muita coisa a não ser o atraso tecnológico. Naquele tempo o pessoal usava uma coisa chata e feia chamada DOS. Graças a Deus nunca precisei usar isso, mas estagiei em um artefato “revolucionário” na época chamado Videotexto – o bisavô da internet. Lá, todos os dias eu postava, ou melhor, atualizava os dados, em algo muito parecido aos sites de hoje, com a diferença de que nós escrevíamos em nossos computadores e depois transmitíamos via linha telefônica para um local virtual no site da Telesp, e lá, um profissional que entendia de programação colocava a atualização no ar