Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2015

Querida Sue

Autor:   Jessica Brockmole Tradutor: Vera Ribeiro Editora:   Arqueiro Número de páginas: 256 Ano de Lançamento:  2013 Avaliação do Prosa Mágica:   9                               Querido leitor, Hoje em dia já não se fala mais em troca de correspondência, não da forma habitual que fazíamos antes do e-mail, do WhatsApp e do Skype. As pessoas parecem não ter mais paciência para escrever no papel uma cartinha, envelopá-la e postá-la. Estamos na era da rapidez, o que é bom por um lado, mas por outro suprimiu a poesia de nossas vidas. Pois é, Querida Sue de Jessica Brockmole trata exatamente desta poesia perdida. Quem tem mais de 35 anos sabe o prazer de se corresponder, de escrever cada linha de uma carta com detalhes e depois, esperar por uma resposta que pode ou não demorar. E, é sobre esta experiência de troca de cartas que a história trata. Em Querida Sue, a carta de um fã, em 1912, direcionada a sua poetisa na ilha de Skye, no Reino Unido, nos leva a uma viag

O Fantástico Mundo Britânico

Alice - Lewis Caroll Não é segredo para ninguém que sou apaixonada pela cultura Britânica, em especial pela literatura. Ter a oportunidade de vivenciar uma experiência lúdica relacionada a esta cultura é algo que está além das expectativas. A “Cultura Inglesa”, que faz neste ano a 19º edição do “Cultura Inglesa Festival” trouxe ao público, no Centro Cultural São Paulo uma exposição de tirar o fôlego. E explico o por quê. Cada livro é uma porta que nos transporta para uma realidade diferenciada. Na leitura, somos absorvidos pela trama e durante o período em que não desgrudamos os olhos da história, vivemos um mundo paralelo a realidade cotidiana. Isso é um fato, que pode ser comprovado na prática sempre que você lê uma boa trama. Na exposição foram criadas cabines com portas. Cada porta representa a entrada para uma história da literatura inglesa, e lá você tem uma sensação em 3D do que vive quando lê. Tem a porta de “A Fantástica Fábrica de Chocolate” do escritor galês Roa