Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2018

Solstício de Inverno

Autor:   Rosamunde Pilcher Tradutor: Cyana Leahy Editora:  Bertrand Brasil Número de páginas: 644 Ano de Lançamento Brasil: 2009 Avaliação do Prosa Mágica:  10 A primeira coisa a se dizer sobre o livro é que ele é incrível. Sabe aquelas histórias que você quer ler devorando cada palavra, e quando chega ao fim se arrepende de ter lido tão rápido, por que terá que se despedir dos personagens? Rosamunde Pilcher constrói uma trama assim, cuja intensidade de cada personagem nos envolve e absorve, nos arrebatando para outros lugares, onde a neve cai farta, onde as pessoas são generosas, onde os dramas familiares são comuns, mas superáveis com a ajuda de amigos inesperados. Em Solstício de Inverno, Elfrida, uma senhora já em seus sessenta anos, se vê obrigada a mudar de sua querida Londres para uma pequena cidade chamada Dibton, em Hampshire. Um lugar agradável, com pessoas gentis que a recebem com carinho. Acomodada em um pequeno chalé, Elfrida se envolve cada vez

O Tempo entre Costuras

Autor:   María Dueñas Tradutor: Sandra Martha Dolinsky Editora:  Planeta Número de páginas: 480 Ano de Lançamento: 2010 Avaliação do Prosa Mágica:  6 Sabe quando você ouve falar demais de um livro ou filme, e fica morrendo de vontade de conhecer? Sabe aquela sensação de curiosidade em torno de algo que parece “endeusado” pela mídia? Pois é... foi desta forma que me aproximei de “O Tempo entre Costuras”, e foi exatamente deste tamanho a extensão de minha decepção. Não estou dizendo que a história é ruim, pois não é. Nem que o livro tem péssima qualidade, pois a escrita é boa e coerente. No entanto, esperava muito mais de uma trama aclamada. María Dueñas é excessivamente descritiva e repetitiva. Muitas vezes dá a sensação que ela imagina que o leitor não tem a capacidade de compreender o que diz, e ela se repete, repete e repete. Eu sei que muitos leitores dirão que é uma característica da língua espanhola – que admiro muito – no entanto, comparo com Carlos Ruiz