No clima de “Bom Sucesso”


Foto: Victor Pollak/Globo
Em nossa Sexta de Prosa eu quero falar um pouco de novela, e talvez isso cause espanto por aqui. A telenovela no Brasil é um gênero literário de importância – e aqui não estou discutindo a qualidade das tramas – que atinge uma quantidade enorme de pessoas, e principalmente uma gama de seres humanos que infelizmente não leem. Então, a ficção chega para eles por meio das novelas.
Mas não é o gênero literário que quero discutir aqui, mas a grata surpresa com a parte da trama da novela Bom Sucesso que vai falar de livros, editoras e pessoas que amam o que nós, leitores, também amamos ao máximo – livros.
Quem teve um tempinho esta semana, pode ver que o personagem Alberto (Antonio Fagundes) é dono de uma editora, que simplesmente é apaixonado pelos bons livros e lê, para filhos e neta, grandes títulos como “Mil e uma Noites”, “Peter Pan”, “Alice no País das Maravilhas”. Ao lado dele, podemos também nos deliciar com os personagens que fazem seus filhos contar de como estes livros foram importantes em suas vidas, e de como a editora parece ter vida própria.
E não são apenas eles, a personagem de Grazi Massafera também é uma apaixonada por livros, e cita em suas conversas trechos de Alice, Peter Pan. E, houve aquela cena de Alice no País das Maravilhas, inserida na trama, que estava fantástica.
Cena de Alice No País das Maravilhas - Foto do Google
E, como se não bastasse, a biblioteca de Alberto é simplesmente estonteante. Livros e livros organizados, e lidos e pelo visto, vividos pelos habitantes daquela casa.
A equipe de produção, comandada por Eugenia Maakaroun, está de parabéns, pois produziu mais de 200 artes para estampar as capas de livros da Editora Prado Monteiro. E confesso, que me deu vontade de ter mais um exemplar de cada um daqueles livros, só para adquirir aquelas capas maravilhosas.
Como a novela fala muito de literatura, eu vou comentar bastante aqui no blog. Por hora, fica aqui meus parabéns a Rede Globo e a advertência na citação do Pequeno Príncipe:
“Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas”.

Bom Sucesso é escrita por Rosane Svartman e Paulo Halm, com a colaboração de outros autores.

Obs: As fotos publicadas neste blog não possuem finalidade comercial, apenas ilustrativa dos posts. Quando retiradas da internet são devidamente identificadas com o nome do autor, ou site. No caso de fotos não identificadas, eu peço a gentileza que entrem em contato comigo para que eu possa dar os devidos créditos.



Comentários